Teatro Produção Urbana e os Cookies - Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Confira a Política de Privacidade

Dona Baratinha resolveu se casar com Don Raton, mas esse no dia do casamento, decidiu experimentar a feijoada que seria servida aos convidados. Guloso que só ele, caiu dentro da panela e morreu cozido junto com a feijoada, abrindo espaço para os concorrentes, digo, pretendentes. E é aí que o nosso espetáculo começa, aquela baratinha não é mais a mesma.

Espetáculo produzido com recursos da lei Aldir Blanc nº 14.017/20

O Casamento de Dona Baratinha - ensaio da coreografia

 

Cadastre-se e receba nossas novidades!